Resenha de "A Metamorfose" - Franz Kafka

"A Metamorfose é uma novela escrita por Franz Kafka em 1912, impressa em 1915 em uma revista alemã "Die Weissen Blätter" (As Folhas Brancas). No Brasil, foi primeiramente publicado em 1956, pela Editora Civilização Brasileira."
Um livro que pode ser lido numa tarde, pois pouco volumoso e com linguagem de fácil assimilação.

Encanta pela inusitada hipótese que levanta (ficção absurda), um filho (Gregor) arrimo de família que se transforma num inseto monstruoso numa bela manhã. 

Resenha  / Resumo da Obra



Gregor Samsa é um caixeiro viajante de rotinas extenuantes, suportadas  em prol do sustento e conforto da família. Esta condição é assumida a partir da falência e endividamento do negócio do pai. Nesta família apenas Gregor trabalha. 

Até se transformar num inseto monstruoso, Gregor é um filho exemplar, querido por todos. Após a metamorfose ou durante ela, passa a ser repelido e isolado pela família em um quarto fechado. 

O pai não o aceita. A mãe não o aceita, mas tem esperança que ele retorne ao estado humano. A irmã se preocupa e é a única que tem coragem de se aproximar dele para lhe dar alimentos ou lhe proporcionar algum conforto, porém sem manter contato visual ou qualquer outra forma de comunicação. 

Isolado como uma aberração e sem poder ajudar em absolutamente nada a família, Gregor mesmo na condição de inseto tenta superar esta condição, buscando ignorar seu aspecto monstruoso e de algum modo voltar a trabalhar. Aos poucos vai aceitando a sua nova realidade e em alguns momentos se vê aliviado por não ter a sua estafante e odiosa rotina de trabalho. 

Por outro lado, a família Samsa se vê obrigada a economizar ao máximo e buscar fontes alternativas de renda. Gregor antes filho exemplar se torna cada vez mais um peso morto, um inconveniente a ser eliminado, pois de nada serve senão para provocar vergonha, despesas e desgastes emocionais e sociais. 

Gregor tenta buscar contato com a família, tenha talvez uma esperança que possa ser reconhecido com um mínimo de dignidade. Quando deixa o quarto sempre é "tocado" de volta, pois é visto como uma ameaça. Em uma destas eventuais saídas do quarto, Gregor é atingido por uma maçã atirada pelo pai que atravessa suas costas e o fere gravemente.

Ferido, consciente da sua miserável condição e sem esperanças, Gregor se entrega, deixa de se alimentar e se enfraquece, tendo cada vez mais certeza que a sua morte era o melhor fato que podia acontecer a família Samsa. Enfim, Falece.  

A família Samsa se sente aliviada, enche-se de esperança e novos planos e sonhos começam a ser planejados como num passe de mágica.

Conclusão

Alguns destes passes de mágica podem ser observados em situações não tão absurdas como a relatada em "A metamorfose", contudo, em situações comuns, tais como uma grave doença ou a chegada da velhice de um familiar. Talvez Kafka tenha tido a intenção de realizar uma hipérbole destas situações para escancarar alguns aspectos das relações humanas, suas conveniências, circunstâncias, vícios e repugnâncias.

O livro nos leva a imaginar como seríamos no lugar de Gregor ou dos seus familiares. Numa realidade distante e hipotética pensamos em ser melhores, porém certamente isto não ocorreria numa realidade implacável e voraz de um inseto.

Personagens

Gregor Samsa: Um caixeiro viajante que trabalha ininterruptamente, não tem muitos amigos. Pressionado pelo emprego apenas se mantém no cargo porque é o único que pode sustentar a família. No inicio se transforma num inseto monstruoso, por conta disso passa por diversos problemas como rejeição de sua família, por exemplo.

Grete Samsa: Irmã de Gregor, era jovem dócil e não sofre por preconceitos. Esta é a única que tem uma relação direta com ele, mesmo após sua transformação. Adorava violino e tocava muito bem, mas a família não tinha dinheiro para pagar seus estudos.

Sr. Samsa: Pai de Gregor. Recusava e odiava seu filho em forma de inseto. Era muito preconceituoso e não trabalhava pois tinha problemas na coluna

Sra. Samsa: Mãe de Gregor, Tinha nojo de seu filho em forma de inseto mas continuava amando-o.

Ana: Uma ajudante que trabalhava na casa dos Samsa junto com Sra. Samsa, arrumando a casa.

Os três inquilinos: Alugam um quarto na casa dos Samsa após a transformação de Gregor.

Gerente do escritório: Chantageava Gregor por causa da dívida da família, obrigando-o a trabalhar loucamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário